notícias

Homem invade salão e furta máquina de cortar cabelo

Proprietário de salão de beleza perseguiu autor do furto, mas não teve êxito na abordagem

Da Redação
Foto: PM/Divulgação

Um homem invadiu um salão de beleza em Imbituva e furtou uma máquina de cortar cabelo. O fato ocorreu na quinta-feira, 19.
O dono do estabelecimento disse que estava em uma padaria na frente do salão quando observou um homem entrando no local. Ele saiu correndo com a máquina de cortar cabelo, assim que percebeu a aproximação do proprietário. A vítima seguiu o autor do furto, mas não teve êxito na abordagem. Policiais realizaram buscas nos bairros onde havia possibilidade de fuga. Porém, o suspeito não foi localizado.

Policiais localizam adolescente que estava desaparecida

Em outra ocorrência, uma adolescente que estava sendo procurada pela sua família em Prudentópolis foi localizada na rodoviária de Imbituva. A menor era considerada como desaparecida desde o dia 14 de março, conforme Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Delegacia de Prudentópolis. A jovem disse a Polícia Militar que conheceu um homem pelas redes sociais. A adolescente afirmou que estava na residência dele em Imbituva desde que saiu da casa de sua família no sábado passado. No momento da abordagem policial, o homem estava junto com a menor. Ela disse que estava aguardando para embarcar em um ônibus com destino ao município de Prudentópolis, onde pretendia se apresentar na Delegacia. Em virtude do fato, a jovem foi encaminhada para a sede do 3º Pelotão da PM e depois conduzida para a Delegacia de Imbituva.

Homem detido após ameaçar esposa

Em Irati, moradores acionaram a PM após constatarem que uma mulher estava pedindo socorro na rua Otacília Andrade Belich, no Jardim Virgínia. Conforme denúncias, o marido da moradora estava aparentemente embriagado no pátio da residência. No local, os policiais conversaram com uma mulher. Ela disse que discutiu com o marido, mas não foi agredida por ele. Nesse momento, o homem foi até a frente de sua casa e passou a discutir com a esposa. Ele ameaçou a vítima e disse que a mataria quando os policiais deixassem o local. Os policiais reprimiram verbalmente o autor da ameaça, que investiu contra a equipe. Sendo assim foi necessário o uso de força para contê-lo. A vítima relatou que já foi ameaçada e xingada outras vezes. Ela também disse que possui uma medida protetiva contra o marido. Entretanto, os policiais constataram que ela não tinha mais validade. A vítima e o autor da ameaça foram levados para a Delegacia.