notícias

Advogados voluntários iniciam plantão na Delegacia de Irati

JARDIM DA PAZ
Profissionais vão prestar apoio e auxílio jurídico a mulheres vítimas de violência doméstica

Edilson Kernicki, com reportagem de Jussara Harmuch 
Delegacia de Irati. Foto: Rádio Najuá
Advogados voluntários passaram a prestar auxílio jurídico a mulheres vítimas de violência que procuram a Delegacia de Irati para registrar queixa contra os agressores. O esquema de plantão teve início na segunda-feira (9), através da Patrulha Maria da Penha.
“Toda a mulher que for vítima de violência doméstica e que não tenha condições de arcar com os honorários advocatícios de um profissional, no momento que chegar à Delegacia vai receber o atendimento de um advogado voluntário. Consequentemente, elas serão encaminhadas ao atendimento da Patrulha Maria da Penha, para receber o atendimento social, com assistente social e psicólogas”, explica a advogada Tânia Marina Vicente Leite, presidente da Comissão da Mulher Advogada, da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Irati.
Para Marina e para a também advogada Rúbia Zarpellon, esse é um marco que reflete uma conquista obtida a partir da união das mulheres em torno de um objetivo em comum.