notícias

Baterias são furtadas de escavadeira hidráulica

Ainda em Irati, quatro furtos foram registrados somente na sexta-feira

Da Redação
Duas baterias foram furtadas de uma escavadeira hidráulica em Irati. O furto ocorreu no Conjunto Fernando Gomes, em Irati.
O homem que trabalha como operador da máquina disse que deixou ela em um terreno baldio cercado com tapumes na noite de quinta-feira, 13. Quando retornou ao local na manhã de ontem, 14, ele percebeu que as baterias da máquina foram furtadas. Para realizarem o furto, os ladrões fizeram um buraco por baixo da cerca para conseguirem ter acesso a máquina. Eles também estouraram o cadeado onde estavam as baterias. 
Outro furto ocorreu na Vila São João. Um homem que trabalha no estabelecimento disse que encerrou as atividades na noite de quinta-feira, 14. Na manhã de ontem, 15, ele retornou ao local e constatou que uma janela havia sido arrombada. O invasor furtou uma quantia em dinheiro. 
Mais três furtos foram registrados ontem, 14, em Irati. Um homem que havia furtado um brinquedo de uma loja na área central foi contido por populares e funcionários do próprio estabelecimento. O autor do furto foi conduzido pela PM até a Delegacia. 
Na rua Alexandre Mierzva, no Jardim Virgínia, um homem disse que após retornar do trabalho encontrou a porta de sua casa arrombada. Alguns objetos foram furtados do local. O morador relatou que a invasão de sua residência aconteceu entre às 16 e 17 h de ontem, 14. O homem ainda disse que uma pessoa suspeita do furto foi vista transitando nas proximidades de sua residência anteriormente. Policiais realizaram buscas, mas não conseguiram localizar o autor do furto. 
Já na noite de ontem, 14, uma bicicleta Monark barra circular foi furtada do pátio de um clube na rua Pacífico Borges, no bairro Rio Bonito. Nesta situação, a PM também realizou patrulhamentos, mas o objeto furtado não foi encontrado. 
Agressões
No Conjunto Santo Antonio, uma mulher relatou que foi agredida pelo marido. O agressor foi abordado pela PM quando estava na garagem de sua residência. Na ocasião, ele disse que teve uma discussão com sua esposa. A vítima foi encontrada nos fundos da casa com as roupas manchadas de sangue. Ela afirmou que o esposo pegou o seu celular e usou o aparelho para lhe agredir, o que causou ferimentos em seu rosto. Ele ainda ficou com o celular da esposa para impedir que ela pedisse socorro. O agressor foi detido e conduzido até a Delegacia.
Outra mulher foi agredida pelo marido na rua Domingos da Luz. A vítima sofreu um corte na boca e estava com sangue no rosto e no cabelo quando foi abordada pelos policiais, que foram solicitados para comparecer no local da agressão por um vizinho. O homem disse aos policiais que brigou com a esposa e que teria revidado a agressão que havia sofrido de sua companheira. O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou a vítima para o Pronto Atendimento. Já o agressor foi encaminhado para a Delegacia. 

Homem assina Termo Circunstanciado por ameaça

Já na Avenida José Galicioli, um homem disse que foi ameaçado por uma pessoa que foi até sua casa para cobrar uma conta. Em determinado momento, o autor da ameaça chegou a puxar uma pistola. Em resposta, o homem teria dito para o autor da ameaça atirar. Porém, ele entregou a arma para um terceiro, que deixou o local em um carro. Já o autor da ameaça fugiu em direção a um matagal. Policiais realizaram buscas e encontraram o homem em frente de uma residência na Vila Matilde. Ele foi encaminhado até a sede da 8ª Cia para assinar o Termo Circunstanciado.