notícias

Adolescente morre após ser esfaqueado

Autor da agressão deixou o local onde atingiu a vítima com uma moto e não foi encontrado

Da Redação

Um adolescente morreu após ser esfaqueado em Imbituva. Alexandre de Lima, de 17 anos, foi atingido com um golpe de faca na Avenida Sete de Setembro, na noite de sábado, 15. 
O menor disse a Polícia Militar que o autor da agressão estava vestindo uma calça vermelha e uma camiseta preta. Ele teria deixado o local em uma motocicleta CG modelo antigo de cor preta e estava acompanhado de uma mulher (passageira do veículo). Policiais realizaram buscas, mas não encontraram o agressor. Em seguida, eles foram até o hospital São João, onde o médico informou que Alexandre não resistiu aos ferimentos e faleceu. O Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa recolheu o corpo do rapaz, que está sendo velado na Capela Municipal Imbituvense e será sepultado na tarde desta segunda-feira, 17, às 16 h, no cemitério Cristo Rei. A Polícia Civil investiga as causas do homicídio.   

PM cumpre mandado de prisão

Também em Imbituva, um homem com mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio foi detido na localidade de Aterrado Alto. O suspeito foi localizado em frente a sua residência na noite de sábado, 15. Ele foi levado até o 3º Pelotão da PM para que fosse registrado o Boletim de Ocorrência (BO). Em seguida, o homem realizou o laudo de lesões corporais e foi conduzido até a Delegacia de Irati, pois a cadeia de Imbituva não tem condições de receber presos.


Homem atinge disparo de espingarda em gato da vizinha

Em outra ocorrência em Imbituva, uma mulher relatou que seu gato foi atingido por um disparo realizado por seu vizinho, que usou uma espingarda de pressão com chumbinho. A moradora disse que foi até a frente da residência do vizinho para tirar satisfação sobre o ocorrido. Nesse momento, o homem passou a ameaçá-la e partiu para cima da moradora, que correu até a sua casa. A mulher ainda afirmou que o vizinho estava acompanhado da esposa e de outras pessoas.
Em um determinado momento, ele começou a quebrar seu portão e puxou a mulher, que teve a blusa rasgada. Ela também sofreu arranhões no cotovelo. A PM abordou o autor do dano em frente ao seu imóvel. Ele foi convidado para acompanhar a equipe até a sede do 3º Pelotão para assinar o Termo Circunstanciado, mas não acatou o pedido. Por isso foi solicitado o apoio da PM de Guamiranga. Mesmo assim, o homem se negou a acatar a solicitação e entrou correndo em sua casa. Neste instante, familiares passaram a empurrar e atingir os policiais com socos para impedi-los de entrar na residência. Foi necessário uso de força e técnicas de imobilização para contê-los. O autor da ameaça foi abordado e resistiu à prisão dando chutes e socos nos policiais, que usaram spray de pimenta e algemas para detê-lo. Em um dos quartos da casa foi localizada uma espingarda de pressão utilizada para atingir o gato. Os envolvidos na ocorrência foram conduzidos para a sede do 3º Pelotão, onde compareceu o advogado das pessoas detidas. Todos realizaram laudo de lesões corporais e foram entregues na Delegacia de Irati.