notícias

Bairro de Irati foi implantado a partir de instalação de escritório do DER

Conheça a história do bairro DER, que possui uma unidade do Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná, além do Colégio João de Mattos Pessoa e da Escola Plínio Anciutti

Dagoberto Waydzik/Engenheiro Civil
O rio das Antas serpenteia calmo, pela cidade de Irati, contudo muitas vezes se enfurece ocasionando alagamentos, causando prejuízos à população. 
O fundo do leito desse rio é composto, principalmente, por uma laje de xisto, tipo pirobituminoso, denominado pela Geologia de Formação Irati. Na cidade tem afloramentos característicos que, às vezes, se encontram fósseis de pequenos animais, peixes e madeiras. 
Narra seu Antonio José Schimanski, morador do bairro DER há 46 anos, que quando veio morar no local só haviam as casas dos funcionários do 15°DER (Décimo Quinto Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná). Entre o Iraty Sport Club e sua casa, praticamente não havia nada, somente mato.
Dona Tadea Teresinha Bobato, com 90 anos de idade, e moradora do bairro desde o dia que veio de Imbituva a Irati, em 6/10/1986, ou seja, há 33 anos, disse que no bairro havia uma associação atuante, que sugeriu à Prefeitura a reconstrução de uma escola próxima ao 15° DER, o que realmente aconteceu. 
Tanto dona Tadea, como seu Antonio, sofreram dois alagamentos do rio das Antas em suas moradias. 
O 15° DER foi instalado em 18/09/1960, pelo engenheiro Plinio Anciutti Pessoa, que foi o primeiro chefe. Chefiaram o Departamento os engenheiros: Plinio Anciutti Pessoa, Amilton Ambrósio Ribeiro, David Cheriegatte, Sérgio Mansur Malucelli, Ciro Macedo Ribas Junior, Gelson Rui Fanchin, Paulo Montes Luz, Sérgio Moreira Gomes, Lineu Rômulo Tortatto, Pedro Binsfield e Lucimara Andrade Farias, atual responsável. Conta Lucimara que a dinâmica do DER, antigamente, era outra, pois executavam tudo por administração direta. Atualmente, os serviços são todos terceirizados. O Departamento já teve 400 funcionários, hoje, tão somente 30. Tinha oficina completa. A área do pátio do DER de Irati perfaz 1,5 alqueires. Ou seja, foi uma grande empresa pública e o que realmente deu o início às moradias e crescimento do bairro. 
O bairro possui duas grandes escolas, o Colégio Estadual João de Mattos Pessoa e a Escola Municipal Plínio Anciutti Pessoa - Ensino Fundamental. 
O Colégio João de Mattos Pessoa situa-se na rua Leonardo Bora, número 140. Na apresentação no site do Núcleo Regional de Educação do Paraná, consta o seguinte histórico: “Com a fundação do 15º Distrito Rodoviário em Irati, e os funcionários residindo próximo a ele, surgiu a necessidade de uma escola que atendesse aos filhos desses trabalhadores, visto que, a mais próxima, estava distante aproximadamente um quilômetro. Por isso, o engenheiro chefe do 15º Distrito Rodoviário, na época, Dr. Plínio Anciutti Pessôa, tomou a iniciativa de construir uma escola nas dependências do distrito. No início, pretendia-se que a escola atendesse somente aos filhos dos funcionários, mas isto tornou-se impossível, visto que as professoras seriam nomeadas pela Secretaria Estadual de Educação. No final de 1962, estava pronta a escola, construída pelos funcionários do D.E.R. O primeiro nome dado a escola foi Gedequin (Grupo Escolar do Décimo Quinto). Este nome foi usado interinamente, não se sabe porque não foi aceito pela SEED que a denominou "Escola Primária do D.E.R., começando a funcionar em fevereiro de 1963. Com o número crescente de alunos, o grupo passou à Casa Escolar, com o nome de "João de Mattos Pessoa". João de Mattos Pessoa era o progenitor de Plínio Anciutti Pessoa. Com a implantação da Lei nº 5692/71, a escola passou a denominar-se Escola Estadual João de Mattos Pessoa - Ensino de 1º Grau. Com o decorrer dos anos, ocorreram mudanças no D.E.R. no que dizia respeito ao engenheiro chefe. E como cada ser humano possui uma maneira própria de administrar, alguns já não demonstraram tanto empenho em manter a escola vinculada ao D.E.R., querendo mesmo a sua transferência daquele local, alegando, entre outras coisas, que precisavam do espaço ocupado pela escola para ampliar as instalações do 15º Distrito. Foram anos de luta da APM, juntamente com os funcionários da escola e do N.R.E. para aprovação da construção da nova escola. Felizmente, foi concretizado aquilo que se esperava: a nova escola seria construída a poucas quadras da antiga. Em 15 de julho de 1991, houve a inauguração das novas instalações da Escola Estadual João de Mattos Pessoa, situada à Rua Leonardo Bora. Até o ano de 1996, as atividades de ensino de 1ª a 4ª série da Escola Estadual João de Mattos Pessôa, eram mantidas pelo Governo do Estado. A partir de 02/10/97, pela resolução 4525/97, o ensino de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental passou a ser mantida pelo governo municipal, passando a ser denominada Escola Municipal Padre Sebastião Mendes. Então, a partir de 1997, funcionam duas escolas no mesmo prédio, Colégio Estadual João de Mattos Pessôa - Ensino Fundamental e Médio e, Escola Municipal Padre Sebastião Mendes - Ensino Fundamental. Em 2007 a Escola Municipal Padre Sebastião Mendes - Ensino Fundamental separou-se fisicamente do Colégio Estadual João de Mattos Pessôa - Ensino Fundamental e Médio situado no endereço à Rua Leonardo Bora, passando a funcionar em novo espaço físico à Rua Avenida Abib Mansur, 85, sob uma nova denominação, ou seja, com o nome de Escola Municipal Plínio Anciutti Pessoa - Ensino Fundamental, oferecendo o ensino das séries iniciais do ensino fundamental sob dependência Administrativa Municipal. Assim a partir do ano de 2007 passou a funcionar no endereço: Rua Leonardo Bora, 140 apenas o Colégio Estadual João de Mattos Pessôa - Ensino Fundamental e Médio, sob dependência Administrativa Estadual e oferecendo o ensino das séries finais do ensino fundamental e o ensino médio regular nos turnos da manhã, tarde e noite. 
O perímetro do bairro é delimitado pela avenida Vicente Machado, rodovia Prefeito Ildefonso Zanetti, rio Rio Bonito e rio das Antas. 
O nascimento do importante bairro DER confunde-se com a implantação do próprio 15 ° Departamento de Estradas e Rodagem de Irati.