notícias

Atraso na entrega de produto causa transtorno em Irati

Cliente alegou que houve atraso no prazo de entrega e por este motivo se recusava a receber o produto

Da redação
Um suposto atraso na entrega de uma encomenda causou uma confusão em Irati na tarde desta sexta-feira, 03. A Polícia Militar (PM) esteve na Rua Maranhão, na Vila São João. Lá, o denunciante contou que foi contratado para trabalhar de forma terceirizada no setor de entregas de uma empresa e que desde quinta-feira, 02, estava tentando entregar um objeto para o cliente. Este se recusava a receber a mercadoria alegando que houve atraso no prazo de entrega.
Na manhã de ontem, os entregadores retornaram ao local, mas o homem continuou se recusando a receber o material. No período da tarde, o cliente entrou em contato com a empresa e disse que receberia a encomenda. Os entregadores voltaram ao endereço e o destinatário recebeu o produto, mas se negou a pagar pelo frete e a assinar o documento de entrega. Ele também passou a afirmar que entraria com uma ação judicial contra a empresa devido ao atraso. O rapaz também disse que, se quisessem, os entregadores poderiam levar o produto de volta, em tom de ameaça.
Segundo o denunciante, em vários momentos o cliente fez menção de estar armado, levando a mão à cintura. Quando os policiais chegaram, o homem estava alterado e se negava a entrar em acordo com os funcionários da empresa de transportes. O pai dele interviu na situação, pagou o frete e assinou os documentos.