notícias

Dinheiro que estava guardado embaixo de colchão é furtado

Autores do furto se identificaram como policiais quando chegaram na residência da vítima

Da Redação
Uma quantia em dinheiro que estava escondida embaixo de um colchão foi furtada. A ocorrência foi registrada na quarta-feira, 18, na localidade de Água Mineral, em Irati.
O dono da residência relatou que recebeu a visita de dois homens que se identificaram como policiais. Um deles distraiu o morador, enquanto que o outro entrou num quarto da casa pela porta dos fundos. Esse homem furtou uma quantia em dinheiro que estava embaixo do colchão. O morador relatou que os autores do furto saíram do local com um veículo Gol branco sentido ao distrito de Itapará. Policiais militares de Irati e de Inácio Martins realizaram buscas, mas não conseguiram encontrar os suspeitos. 

Mulher é agredida pelo marido

Em Inácio Martins, uma mulher relatou que teve uma discussão com seu marido, que acabou lhe agredindo. A vítima ainda afirmou que o agressor não deixava ela entrar na casa. Policiais foram até a residência do casal e conversaram com o suspeito de ter cometido as agressões. Ele confirmou que discutiu com a esposa. Porém, ela não teve interesse de acompanhar os policiais até a Delegacia. Por isso, foi orientada sobre os procedimentos a serem adotados. 

Criança abandonada

Em Rio Azul, conselheiros tutelares compareceram no Destacamento da PM na noite de ontem, 18, para comunicar que estavam com uma criança de seis anos. Segundo os conselheiros, o menor foi encontrado em um armazém. Na ocasião, ele disse que estava procurando a mãe que saiu para trabalhar no período da manhã e não havia retornado. Por volta das 20h20, a mãe da criança foi até o Destacamento para conversar com os policiais. Ela afirmou que trabalha colhendo fumo e deixou o menino aos cuidados de um vizinho. A PM entrou em contato com o pai do garoto, que se dispôs a buscar o filho para morar com ele. O caso foi repassado aos cuidados da Delegacia de Rebouças.