notícias

Correios explica procedimento de atualização de CEP

Irati passou a adotar CEPs individuais para cada logradouro, em vez de um único número para a cidade, desde o início de novembro

Da Redação 
Alguns moradores ainda enfrentam dificuldades com relação à entrega de correspondência e de encomendas em seus domicílios desde que houve a troca de um Código de Endereçamento Postal (CEP) único para o município de Irati – o 84.500-000, no início de novembro, para um CEP individual por logradouro (rua, avenida, praça). Ocorre que algumas ruas ainda não possuem o CEP próprio e os cadastros de lojas virtuais, por exemplo, não aceitam o número do antigo CEP único de Irati. Um ouvinte da Najuá apontou esse problema e relatou que isso tem inviabilizado a realização de compras online.
O novo CEP de cada logradouro pode ser conferido diretamente no site dos Correios. Segundo os Correios, os moradores têm sido alertados e orientados pela empresa quanto a alteração e os procedimentos que devem ser adotados para a atualização dos endereços. Para agilizar o processo de migração, os Correios frisam a importância de que os moradores entrem em contato com seus remetentes e fornecedores para a atualização do CEP: com o novo código em mãos, peça a atualização de endereço do seu banco para o envio das faturas de cartão de crédito; atualize endereços nas concessionárias como a Copel e a Sanepar e revise o endereço nos sites onde você costuma fazer compras online.
O trabalho de atribuição de CEP pelos Correios segue o mapa do município e a relação de logradouros enviada pela Prefeitura. Logradouros que estão sem CEP podem estar enquadrados entre aqueles que não possuem uma denominação oficial, ou seja, reconhecida através de lei aprovada pela Câmara de Irati. Todos os CEPs que são criados no mês corrente são publicados nos veículos de divulgação, sempre no primeiro dia útil do mês seguinte.
Uma das vantagens de cada logradouro possuir um CEP único é a agilização do processo postal, que permite que as cartas sejam separadas para entrega em máquinas de triagem. Facilita o trabalho do carteiro e há reflexos positivos na qualidade do serviço prestado à população.
Os Correios ressaltam que a falta do CEP não inviabiliza a distribuição de correspondências. Moradores que não estiverem recebendo em domicílio objetos postais – faturas, encomendas, correspondências – devem entrar em contato com os Correios e informar dados básicos, como o logradouro e o número do domicílio.