notícias

Homem furta quase R$ 3 mil de passageira de ônibus

Autor do furto que também estava no ônibus escondeu o dinheiro no compartimento de ar (ventilação)

Da Redação
Uma passageira de um ônibus foi alvo de furto. A ocorrência foi registrada no início da madrugada de domingo, 3, em Irati. 
A vítima relatou que observou outro passageiro mexendo em sua bolsa. Depois disso, o suspeito usou o banheiro do ônibus. Indagado pela Polícia Militar, o homem disse que não mexeu na bolsa e também negou que tivesse cometido o furto. Os policiais não encontraram objetos ilícitos na poltrona onde o passageiro estava sentado.  
A equipe ainda realizou buscas no banheiro do ônibus. Lá, foi encontrada a quantia de R$ 2.950, que estava escondido no compartimento de ar (ventilação). Com isso, o passageiro confessou que furtou o dinheiro da bolsa. Por esse motivo, ele foi encaminhado ao Pronto Atendimento Municipal para realizar o laudo de lesões corporais. Em seguida, foi entregue na Delegacia.  
Ainda na madrugada de domingo, 3, policiais receberam uma denúncia anônima de que um homem estava agredindo sua esposa na rua Ubirajara de Campos. A vítima relatou que foi realizada uma confraternização na residência do casal. Assim que os convidados deixaram o local, a mulher passou a ser agredida com socos e chutes, que causaram ferimentos no seu rosto e nas costas. O agressor inicialmente fugiu e não foi localizado pela PM.  

Já a vítima foi encaminhada ao Pronto Atendimento com suspeita de ter fraturado o nariz. Após realizar exames, a mulher foi levada de volta para a sua casa. Ao chegarem no local, os policiais constataram que o autor das agressões estava no pátio da residência. Ele foi detido e conduzido para a Delegacia.  

Em outra ocorrência em Irati, um homem relatou que se escondeu na casa de um amigo na Vila Matilde, pois estava sendo ameaçado de morte por quatro homens. Segundo o denunciante, os autores das ameaças estavam em um carro. Policiais realizaram patrulhamentos, mas não encontraram os suspeitos. 
Em Rebouças, uma mulher informou a polícia que alguns homens entraram em sua chácara sem permissão e que estariam com vários cães possivelmente praticando caça no local. Policiais efetuaram buscas, mas não localizaram suspeitos na chácara.  
Já em Fernandes Pinheiro, a PM recebeu uma denúncia de que havia ocorrido uma briga em um bar na localidade de Assungui. Ainda conforme a denúncia, um dos envolvidos no desentendimento estaria com uma faca. Equipes de Fernandes Pinheiro e Teixeira Soares foram até o local, mas encontraram o estabelecimento fechado e com as luzes apagadas. Ninguém atendeu os policiais.  
Em Imbituva, uma mulher danificou os objetos de um estabelecimento na Vila Nova. Os policiais foram informados sobre o fato pela proprietária do local. Entretanto, a autora dos danos não foi encontrada.
Em outra situação, uma moradora disse que foi perseguida pelo marido, que apresentava sintomas de embriaguez. O homem ainda danificou o para-brisa do carro da vítima, que foi ameaçada de morte. Os policiais não encontraram o autor dos danos. A vítima foi orientada para solicitar uma medida protetiva contra o esposo.
Em Ipiranga, os policiais abordaram um condutor que não era habilitado. Além disso, ele transitava com um veículo que possuía débitos no licenciamento. Por isso, o automóvel foi recolhido ao pátio do Destacamento de Ipiranga.
Já em Ivaí, um homem assinou Termo Circunstanciado (TC) em função do som alto em sua residência na localidade de Lajeadinho. Ele foi conduzido ao Destacamento para assinar o documento. Já o aparelho de som foi apreendido.