notícias

Motorista de ambulância morre em acidente na BR-376

Ambulância da secretaria de Saúde de Umuarama colidiu na traseira de caminhão. Acidente deixou mais duas pessoas feridas

Da Redação, com fotos PRF
O motorista de uma ambulância Renault Master da secretaria de Saúde de Umuarama, na região Noroeste do Estado, morreu após acidente na BR-376, em Ponta Grossa. A colisão traseira que causou a morte de Benedito Soares, de 54 anos, ocorreu no quilômetro 465 + 400 metros da rodovia, por volta das 3h30 da madrugada desta quinta-feira, 3.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo se deslocava para Curitiba, quando colidiu na traseira de um caminhão Scania, com placas de Telêmaco Borba, no momento que realizava uma curva. O condutor não resistiu aos ferimentos e morreu no local. As duas passageiras, sendo mãe e filha, de 38 e 16 anos, respectivamente, sofreram ferimentos e foram levadas para o hospital Regional de Ponta Grossa. Conforme os policiais, a adolescente, que é portadora de necessidades especiais, sofreu apenas escoriações, enquanto que sua mãe, que acompanhava a filha em tratamento na capital do Estado, teve lesões graves.
O corpo de Benedito foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa.
Segundo informações do site “Umuarama Ilustrado”, a secretária de Saúde de Umuarama, Cecília Cividini, estava em Curitiba no momento do acidente e se deslocou para Ponta Grossa para acompanhar as vítimas e a liberação do corpo do motorista. Já a diretora da Secretaria de Saúde de Umuarama, Renata Figueiredo Campagnole, e a psicóloga Cátia Faquinete, coordenadora de Saúde Mental, visitaram a família de Benedito e estão prestando o apoio necessário. Renata também visitou a família dos pacientes que estão internados.
Benedito Soares trabalhava como motorista na Prefeitura de Umuarama desde 2010. Conforme a imprensa do município, ele foi contratado como funcionário da Secretaria Municipal de Assistência Social e estava cedido para a Secretaria de Saúde. A vítima deixa esposa e dois filhos.