notícias

Homens portando facão tentam assaltar morador de Irati

Vítima correu e conseguiu fugir dos ladrões. Em outra ocorrência, homem monitorado por tornozeleira eletrônica foi detido

Da Redação
Uma tentativa de assalto foi registrada na Vila Verde, em Irati, na noite de segunda-feira, 23. Um morador foi abordado por dois homens, que portavam um facão. Os suspeitos se aproximaram da vítima, que conseguiu correr e não teve nenhum objeto furtado. Policiais realizaram buscas, mas não encontraram os autores da tentativa de assalto.

Homem com tornozeleira é detido

Em outra ocorrência, uma equipe da Rotam realizava patrulhamento quando verificou a presença de um homem em atitude suspeita. Em consulta ao sistema da Secretaria de Segurança Pública do Paraná (SESP/PR) foi constatado que o suspeito possui um mandado de prisão em aberto expedido pela Comarca de Irati por roubo (artigo 157 do Código Penal). O homem detido, que já era monitorado por tornozeleira eletrônica, foi conduzido até a secretaria de Saúde para realizar o laudo de lesões corporais. Depois disso, ele foi entregue na Delegacia de Irati.

Furto de celular

Ainda em Irati, um homem percebeu que havia perdido o celular no momento que estava chegando em sua casa. Por isso, ele retornou ao Parque Aquático de Irati, local que esteve alguns minutos antes de constatar o sumiço do aparelho.
Alguns frequentadores do Parque disseram que dois rapazes pegaram o celular e deixaram o local. O dono do aparelho não soube relatar a marca e modelo do celular aos policiais.

Briga entre vizinhos

Na localidade de Pedra Preta, um homem foi agredido pelo vizinho. A vítima relatou que possui uma desavença com o agressor em função de problemas relacionados a divisa dos terrenos. Esse teria sido o motivo da agressão.

Homem é preso após desacatar policiais

A PM ainda registrou duas ocorrências de ameaça. No bairro Riozinho, uma mulher foi ameaçada pelo irmão, que reside na casa dos fundos. A moradora afirmou que teve um desentendimento com o irmão em virtude do pagamento de uma conta de luz. Por esse motivo, o homem teria xingado a irmã, que ficou nervosa com o fato. Mesmo assim, ela não demonstrou interesse na representação. Os policiais orientaram a mulher para que resolvessem a situação em outro dia.
Em outra ocorrência, policiais abordaram algumas pessoas em atitude suspeita na área central. Na ocasião, um dos abordados passou a fazer ameaças de morte contra os dois policiais que atenderam a solicitação. O homem chegou a dizer que a equipe tinha que ser morta a tiros e xingou os policiais. Por isso, ele foi detido e conduzido até a Delegacia por ameaça e desacato.