notícias

CRB conquista título do Campeonato Veteranos de Irati

Time do bairro Rio Bonito, que havia vencido o primeiro jogo, goleou o Anata por 4 a 1 e conquistou a taça

Paulo Henrique Sava
O Clube do Rio Bonito (CRB) conquistou mais um título do Campeonato Veteranos de Irati ao vencer pela segunda vez o Anata na tarde deste sábado, 21, no Estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm.  
No segundo jogo, o time alviverde do bairro Rio Bonito venceu por 4 a 1, com gols de Fábio Bedin (2), Lisa e Oséias. Nerso diminuiu para o Anata. O CRB já tinha a vantagem do empate, pois havia vencido o primeiro confronto por 5 a 1. O Anata contou com o retorno da dupla de zaga André e Joílson, ex-zagueiro do Iraty. Ambos ficaram de fora da primeira partida. Dedé Demczuk foi o desfalque da equipe por ter levado o 3º cartão amarelo no jogo de ida. Já o CRB teve o retorno do volante Fabiano, ex-jogador do Iraty, e contou com a boa atuação do meia Lisa, ex-atleta do Operário Ferroviário de Ponta Grossa.
No primeiro tempo, o CRB controlou o jogo até os 40 minutos. Logo aos 8 minutos e 30 segundos, o goleiro Paulinho (Anata) saiu jogando errado. A bola foi parar nos pés de Fábio Bedin, que abriu o marcador para o CRB. Aos 11 minutos e 50 segundos, Fabiano sofreu falta nas proximidades da intermediária. Bedin cobrou e ampliou a vantagem.
O jogo seguiu com algumas oportunidades para o CRB. Aos 32 minutos, em contra-ataque, o meia Lisa roubou a bola na defesa e carregou pelo lado direito, batendo na saída do goleiro Paulinho, fazendo 3 a 0.
No final da primeira e no começo da segunda etapa, o Anata passou a pressionar, mas não conseguia converter as oportunidades em gol. Aos 36 minutos e 30 segundos, Oséias ampliou a vantagem do CRB para 4 a 0. No final da partida, aos 46 minutos, Nerso fez o gol de honra do Anata.
O jogo teve muitas faltas. No total, foram mostrados nove cartões amarelos e três vermelhos. O lateral direito Baiano (CRB) foi expulso após cometer uma falta. O meia Mohá (Anata) também levou cartão vermelho. O atleta Maurício Chami (Anata) foi punido com a expulsão após reclamar com a arbitragem.
Ao final da partida, o homenageado da competição, João Rodrigues do Bonfim, que atuou durante muitos anos como massagista no futebol iratiense e nunca chegou a entrar em campo para jogar, falou sobre a emoção de ter seu nome em uma competição local. “Torci para todos os times, mas deu CRB, que é do meu bairro também”, brincou ele, que ganhou uma camisa da equipe alviverde.
Vaquinha, atleta do CRB, avalia que o clube montou um elenco forte para a competição. “O CRB montou um plantel muito forte, que atuou bem nos dois jogos [da final]”, frisou.
O meia Lisa (CRB) diz que o mais importante foi a confraternização dos jogadores durante o campeonato. “O mais importante é ter amigos aqui em Irati. Desde o momento que eu recebi o convite, fiquei muito contente em poder vir fazer novas amizades e jogar futebol, apesar de eu estar mais velho. Agradeço o companheirismo e o acolhimento de todos e espero estar de volta no ano que vem”, comentou.

Resumo da competição

O campeonato teve início no dia 8 de junho. No total, participaram 14 equipes e 409 atletas. Foram realizados 55 jogos, com 216 gols marcados, média de 4,1 gols por partida. O ataque mais positivo ficou com o CRB, que marcou 43 gols. Fábio Bedin (CRB) foi o artilheiro com 14 gols marcados; o CRB também teve a defesa menos vazada, com 11 gols sofridos, o que rendeu o título de goleiro menos vazado para Amâncio. A equipe mais disciplinada foi do Alvoradão com 30 amarelos e apenas um vermelho.
CRB 4X1 Anata
Gols: Bedin (2), Lisa e Oséias (CRB); Nerso (Anata)
Cartões amarelos: Baiano, Pelé, Spak, Zé Gach e Gilmar (CRB); Joílson, Nerso, Besouro e Jé Macedo (Anata).
Cartões vermelhos: Baiano (CRB); Mohá e Maurício (Anata)
CRB: Amâncio; Baiano, Pelé, Haroldo e Spak; Fabiano, Zé Gach, Gilmar e Lisa; Tuca e Bedin. Entraram durante a partida Luiz Augusto, Elisandro, Bininho, Ronaldo, Robson, Marcinho, Vaquinha e Oséias. Técnico: Rosnaldo Santos.
Anata: Paulinho; Vermeio, Joílson, André e Zan; Véio, Mohá, Reginaldo e Evinho; Besouro e Nerso. Entraram durante o jogo Batata, Peterson, Amauri, Alemão, Jean, Fábio Freitas e Guto. Técnico> Jé Macedo.
Árbitro: Albino da Silva
Assistentes: Marco Antônio dos Santos e Gustavo Kucharski.
Representante: Amadeu José Ferreira