notícias

Condutor morre carbonizado após colidir em árvores

Acidente registrado na noite de quarta-feira, 25, na BR-277, em Irati, ocorreu após o condutor atingir um animal silvestre (gambá)

Da Redação, com fotos dos acidentes PRF
Um motorista morreu carbonizado após atingir um animal silvestre (gambá) e colidir em árvores na BR-277, em Irati, na noite de quarta-feira, 25. O acidente envolvendo um veículo Chevrolet Tracker, com placas de Guaraniaçu, ocorreu por volta das 22h45, no km 262 + 500 metros da rodovia.  

Confira o vídeo do acidente no fim do texto

O condutor Carlos Correa de Oliveira seguia sentido Curitiba no momento do acidente. Segundo vestígios verificados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima ainda tentou evitar o choque com o animal, mas não teve êxito na manobra. Com a batida, o automóvel saiu da pista e colidiu em algumas árvores. Depois disso, o veículo pegou fogo. O motorista ficou preso nas ferragens e não conseguiu sair do carro. Desta forma, ele morreu carbonizado.
De acordo com a PRF, dois moradores da região ainda tentaram retirá-lo, mas não conseguiram em virtude do fogo. O corpo de Carlos deu entrada no Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa na madrugada de quinta-feira, 26, por volta das 5h40. O carro foi removido ao pátio contratado da PRF.
A vítima trabalhava como empresário do ramo cartorário no município de Guaraniaçu. 

Capotamento deixa jovem ferido na BR-153, em Irati

Em outro acidente registrado na região, um Peugeot 206 saiu da pista e capotou no perímetro urbano da BR-153, em Irati, no início da noite de ontem, 25.
O veículo seguia sentido Imbituva quando o condutor, de 20 anos, perdeu o controle da direção no km 338 +700 metros da rodovia. O jovem relatou que o automóvel estava apresentando problemas mecânicos na direção antes do acidente. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que apresentou resultado negativo para ingestão de álcool. O motorista foi encaminhado ao Pronto Atendimento de Irati com algumas escoriações. Já o veículo também foi recolhido ao pátio da PRF.